Trabalhadores da limpeza do Hospital Municipal de urgência (HMU) e Hospital municipal da criança (HMC), cruzam os braços por falta de pagamentos.

16/08/2018



Os funcionários da empresa DM SERVIÇOS responsável pela limpeza dos hospitais HMU (hospital municipal de urgência) e HMC ( hospital municipal da criança), entraram em greve porque estão sem salários. O Instituto Gerir, que administra o hospital, não teria feito o pagamento à empresa.

A recepção do HMU dá a impressão que está tudo normal. Só que quase ninguém está sendo atendido. Dos dez guichês, dois tinham funcionários na tarde desta
Segunda feira (13)

A crise no HMU de Guarulhos se arrasta há mais de um ano. No dia quatro deste mês, pacientes voltaram para casa sem atendimento. Faltou médico e só os casos de emergência foram atendidos. Um dos banheiros não tem tampa na válvula de descarga, nem sabonete. A água da pia cai no chão.

A diretoria do Siemaco Guarulhos, está dando total apoio a todos trabalhadores, e esta acompanhando para seja regularizado os pagamentos de todos.

39105836_2096413837278411_574574273818001408_n

39136611_2095615810691547_130048130799370240_n

39186518_2095615887358206_4692689084450078720_n

39191436_2095615894024872_7374756402566266880_n

39195292_2096413893945072_6346137968834510848_n

39223154_2095615820691546_5231507016794505216_n

39296866_2095615817358213_3679598293228191744_n